Europa pela primeira vez, um botânico francês identificou-o como o temido “fruto proibido” do qual falavam os antigos estudiosos. Comer um tomate causaria espasmos, espumação pela boca e morte, advertia o botânico. Portanto, os primeiros colonos europeus na América não chegavam perto de tomates, embora os cultivassem em suas hortas como plantas decorativas. Ao mesmo tempo, uma das doenças mais perigosas enfrentadas pelos colonos foi o escorbuto, provocado pela falta de vitamina C — abundante nos tomates. A cura estava bem ali, em seus quintais, mas eles morreram por causa de um paradigma equivocado.

A 3ª alternativa: Resolvendo os problemas mais difíceis da vida (Stephen R. Covey)