“Segundo as leis da aerodinâmica, o besouro não pode voar: a relação matemática entre sua cabeça, grande demais, e suas asas, pequenas demais, o impede de sustentar seu corpo no ar. Mas o besouro não sabe disso: por isso ele voa”, divertia-se Igor Sikorsky, pioneiro russo-americano da aviação, inventor do helicóptero, ao desenvolver a teoria do que chamava de “o poder da ignorância”.